Welcome!

@CloudExpo Authors: Liz McMillan, Zakia Bouachraoui, Yeshim Deniz, Pat Romanski, Elizabeth White

News Feed Item

A Swivel Secure reforça a agilidade operacional para clientes e parceiros de canal

A Swivel Secure, líder global na tecnologia de autentificação sem token, anuncia algumas alterações operacionais que irão trazer uma maior agilidade ao seu compromisso, tanto com os clientes como com os parceiros.

Modelos de preços flexíveis

De modo a apoiar a procura crescente do mercado por autentificação sem token a ser oferecida como parte de um serviço de gestão, a Swivel anuncia hoje um novo esquema de preços de prazo flexível, ao enquadrado nas necessidades temporais, para parceiros de que operam neste mercado. A procura por uma maior flexibilidade nos preços tem sido guiada, em parte, pela popularidade crescente do ambiente Microsoft Office 365 para o qual a Swivel é o único fornecedor aprovado/certificado de autentificação sem token.

Ao alinhar os seus termos contratuais e de pagamento com um modelo de negócio de serviços de gestão, a Swivel possibilitou aos parceiros lançarem a plataforma de autentificação da Swivel nas suas próprias ofertas de serviço de gestão sem incorrer nos riscos associados com contratos anuais de venda tradicionais. Oferecer contratos de prazo flexível e pagamentos mensais irá permitir-lhes transmitir essa flexibilidade para os clientes.

Ter uma flexibilidade mensal nos preços irá permitir às organizações adaptarem a sua utilização da plataforma Swivel ao longo do tempo para melhor satisfazerem as suas exigências, utilizando qualquer combinação de tecnologias de que necessitem para se adaptarem às suas políticas de segurança e regulamentações de conformidade. Ao contrário de outros fornecedores de autentificação sem token que oferecem modelos de serviços geridos, a Swivel proporciona às organizações a flexibilidade de escolher o que integrar em segurança - web, VPN, cloud ou computador - bem como a liberdade de escolher as ferramentas de comunicação utilizadas para gerir o processo: aplicação telemóvel, SMS/E-mail, telefone/voz ou web. Esta liberdade resolve uma variedade de dores de cabeças relativas à autentificação enfrentadas pelas organizações que estão a combater a necessidade de atualizar continuamente as suas políticas de segurança em linha com as exigências crescentes de novos dispositivos e aplicações que se ligam à rede da empresa.

A plataforma de autentificação da Swivel: Reduzido o ciclo de lançamento

A Swivel transformou os seus procedimentos de desenvolvimento e de lançamento de plataformas, adotando uma abordagem ágil, encurtando dramaticamente o tempo de aprovisionamento entre cada lançamento para apenas seis a oito semanas. A mudança irá simplificar o processo de atualização para a versão mais recente e acelerar a entrega de melhoramentos da plataforma aos clientes.

Em vez de gerir uma atualização substancial a cada seis ou nove meses, o ciclo de integração reduzido irá também permitir aos clientes da Swivel beneficiar de novas funcionalidades e de outros melhoramentos, conforme vão sendo desenvolvidos.

Como parte desta alteração, a versão 3.9.2 atualiza a forma como os dados de configuração são armazenados no servidor da Swivel, de modo a que quando a nova versão do software for utilizada, esta não substitua a configuração existente, mas que, em vez disso, leia e atualize automaticamente a configuração. Este desenvolvimento importante reduz muito o tempo, os recursos e os riscos associados à atualização da plataforma.

“Estas alterações evidenciam a intenção da Swivel de construir uma maior agilidade e flexibilidade tanto nas suas operações diárias como na sua plataforma de autentificação, de modo a conseguir acompanhar o mercado em desenvolvimento da autentificação baseada em dois fatores”, comenta Chris Russell, Vice-presidente de Tecnologia da Swivel. “Enquanto a Swivel continuar aumentar a sua base global de parceiros, é vital que continuemos a apoiar efetivamente o nosso canal. Levamos a sério as nossas responsabilidades de fabricante e moldámos a nossa oferta para satisfazer as necessidades dos nossos parceiros e clientes”.

A plataforma de autentificação da Swivel foi lançada pela primeira vez em 2003. É agora utilizada por grandes empresas mundiais, governos locais, pelo serviço nacional de saúde inglês e por centenas de empresas mais pequenas, em mais de 35 países para acederem remotamente às suas redes empresariais, VDI, web e aplicações baseadas na Cloud. Oferecer a mais vasta gama de opções de utilização, de acordo com a Gartner, os analistas líderes da indústria das Tecnologias da Informação, a plataforma Swivel oferece a escolha de diversos canais de autenticação como podem ser aplicação para telemóvel, SMS/E-Mail ou interativa resposta por voz quando é obrigatório ter dois fatores de autenticação.

-TERMINA-

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

CloudEXPO Stories
With more than 30 Kubernetes solutions in the marketplace, it's tempting to think Kubernetes and the vendor ecosystem has solved the problem of operationalizing containers at scale or of automatically managing the elasticity of the underlying infrastructure that these solutions need to be truly scalable. Far from it. There are at least six major pain points that companies experience when they try to deploy and run Kubernetes in their complex environments. In this presentation, the speaker will detail these pain points and explain how cloud can address them.
The deluge of IoT sensor data collected from connected devices and the powerful AI required to make that data actionable are giving rise to a hybrid ecosystem in which cloud, on-prem and edge processes become interweaved. Attendees will learn how emerging composable infrastructure solutions deliver the adaptive architecture needed to manage this new data reality. Machine learning algorithms can better anticipate data storms and automate resources to support surges, including fully scalable GPU-centric compute for the most data-intensive applications. Hyperconverged systems already in place can be revitalized with vendor-agnostic, PCIe-deployed, disaggregated approach to composable, maximizing the value of previous investments.
When building large, cloud-based applications that operate at a high scale, it's important to maintain a high availability and resilience to failures. In order to do that, you must be tolerant of failures, even in light of failures in other areas of your application. "Fly two mistakes high" is an old adage in the radio control airplane hobby. It means, fly high enough so that if you make a mistake, you can continue flying with room to still make mistakes. In his session at 18th Cloud Expo, Lee Atchison, Principal Cloud Architect and Advocate at New Relic, discussed how this same philosophy can be applied to highly scaled applications, and can dramatically increase your resilience to failure.
Machine learning has taken residence at our cities' cores and now we can finally have "smart cities." Cities are a collection of buildings made to provide the structure and safety necessary for people to function, create and survive. Buildings are a pool of ever-changing performance data from large automated systems such as heating and cooling to the people that live and work within them. Through machine learning, buildings can optimize performance, reduce costs, and improve occupant comfort by sharing information within the building and with outside city infrastructure via real time shared cloud capabilities.
As Cybric's Chief Technology Officer, Mike D. Kail is responsible for the strategic vision and technical direction of the platform. Prior to founding Cybric, Mike was Yahoo's CIO and SVP of Infrastructure, where he led the IT and Data Center functions for the company. He has more than 24 years of IT Operations experience with a focus on highly-scalable architectures.